PUB

Covid-19

Mais de 800 profissionais da saúde vacinados em Cabo Verde

A campanha de vacinação, iniciada ontem, em todo o arquipélago, já permitiu vacinar mais de 800 profissionais na linha da frente no combate à Covid-19. A segunda vaga de vacinação deve ter início nos próximos dias e contemplará outros grupos de profissionais considerados de risco, com a aplicação da Astrazeneca.

No dia de ontem, profissionais de saúde de Santo Antão à Brava receberam a primeira dose da vacina Pfizer. O Diretor Nacional da Saúde, em declarações à rádio pública, regozijou-se pela adesão massiva do grupo em questão.

“Das notícias que já tivemos, houve uma boa adesão ao início da campanha. Os profissionais de saúde estavam desejosos de receberem a vacina e, até agora, está a correr tudo bem, não temos tido constrangimentos maiores”, elucida.

Depois da ERIS dar parecer positivo à aplicação da vacina britânica Astrazeneca, Jorge Noel Barreto diz que será possível dar início à vacinação de outros grupos de profissionais considerados de risco pelo sistema nacional de saúde.

“Agora que temos boas notícias em relação à vacina da Astrazeneca, terminando as doses da vacina da Pfizer que desde o inicio já tínhamos dito que não seriam suficientes para vacinar todos os profissionais de saúde, mas sim aqueles na linha da frente, os outros profissionais vamos vacinar, quem desejar, com a vacina disponível, ou seja, a vacina da Astrazeneca”, diz.
O Diretor Nacional da Saúde, Jorge Noel Barreto, adiantou ainda que a vacinação em massa da sociedade cabo-verdiana dependerá da disponibilidade da vacina e que a perspetiva é chegar à vacinação de 70% da população.

No dia de ontem foram vacinados os profissionais que trabalham nas urgência, isolamentos e laboratórios.

C/ RCV

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top