PUB

São Vicente

Trabalhadores do IMP contemplados com progressão, promoção e reclassificação

Mais de 60 trabalhadores do Instituto Marítimo e Portuário (IMP) foram contemplados com progressão, promoção e reclassificação das carreiras, sanando as pendências na evolução da carreira desses funcionários.

O anúncio foi feito, hoje, pelo vogal executivo da empresa, Seidi dos Santos, avançando que o IMP atribuiu a progressão a 43 dos seus trabalhadores, promoveu nove, reclassificou outros sete e efectivou a entrada de 21 trabalhadores para o quadro do pessoal do instituto.

Estas medidas, conforme Seidi dos Santos,  já tiveram reflexo nos salários deste mês de Abril, sendo que já foram pagos os retroactivos com efeitos a 1 de Janeiro deste ano.

“Naturalmente para atingir este objectivo foi preciso um esforço financeiro significativo que vem sanear quase a totalidade dos problemas a nível dos recursos humanos”, diz, realçando que com a resolução deste processo, o IMP ficou com um encargo de mais de mil contos mensais.

Conforme Seidi dos Santos, os cinco trabalhadores que não foram contemplados, alguns estão em licença sem vencimento, outros entraram no IMP, mas o decurso do tempo não lhes atribui o direito de evoluir na carreira e há outros que por terem atingido o topo da carreira estão estagnados, mas contam resolver esta situação com a aprovação do Plano de Cargos Carreiras e Salários (PCCS).

Mas, indicou que os novos instrumentos de gestão do IMP já estão a ser preparados, nomeadamente o novo PCCS, assim como está a ser trabalhada a possibilidade de elaborar um processo de aposentação antecipada. 

C/Inforpress

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top