PUB

Economia

Santo Antão: Governo estuda condições para construção de cais de pesca nas comunidades

Um estudo para avaliar as condições de construção de pequenos cais de pesca está a ser feito em algumas comunidades piscatórias no interior de Santo Antão.

Ao que avança a Inforpress, as comunidades de Tarrafal e Monte Trigo em Porto Novo e Pontinha de Janela no Paul são os casos em estudo, uma vez que são zonas piscatórias de grande interesse, onde o mar é bastante instável em termos de ondulação.

Em todas essas aldeias piscatórias já se construíram desembarcadouros que foram destruídos pela acção do mar, razão pela qual o Governo procura, com este estudo, averiguar as condições para a construção de pequenos cais de pesca, muito reivindicados pelos operadores.

Na zona do Tarrafal, explicou uma fonte, está-se a avaliar as condições para construção de um porto fixo misto de apoio à pesca e ao turismo, mas, também, a possibilidade de avançar para a instalação de um porto flutuante, aliás, uma sugestão que já partiu dos próprios pescadores.

O Governo já anunciou, igualmente, a construção, nos próximos anos, de dois complexos de pesca em Santo Antão, sendo um na cidade do Porto Novo e outro em Ponta do Sol.

Santo Antão, mesmo não dispondo de um cais de pesca, possui a segunda maior frota pesqueira semi-industrial do arquipélago, com 15 embarcações, reforçada, recentemente, com um barco industrial.

C/ Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top