PUB

Covid-19

INSP estuda efeitos da covid-19 na saúde mental da população

O Instituto Nacional da Saúde Pública (INSP) iniciou, esta terça-feira, 24, um estudo sobre os impactos da pandemia na saúde mental dos cabo-verdianos, nos 22 municípios.

Ao todo serão inquiridas quase 2 mil pessoas, em parceria com o programa de saúde mental da Direção Nacional da Saúde, com a OMS e com as universidades de Cabo Verde e Jean Piaget.

“Vários estudos a nível internacional mostraram que a covid-19, e mesmo as medidas impostas para travar a propagação do vírus, tiveram impacto e efeitos diretos e indiretos muito importantes na saúde mental da população”, explicou a presidente do INSP, Maria da Luz Lima, em declarações à Rádio de Cabo Verde.

A iniciativa foi lançada porque, segundo diz, não havia um estudo desta natureza em Cabo Verde.

O objectivo é analisar o impacto psicológico e social da pandemia da covid-19 e das medidas restritivas na população cabo-verdiana.

O estudo visa ainda caracterizar as condições sociodemográficas, epidemiológicas, clínicas e psicológicas da população face à pandemia.

“Vamos ver, não só a questão do impacto, mas também as condições demográficas e epidemiológicas. Algumas já sabemos porque foi feito um estudo logo na primeira fase da pandemia”, sublinhou, acrescentando que neste momento é importante fazer a comparação e ver como continuam as condições psicológicas, sociais e demográficas.

O estudo vai igualmente analisar como se viveu o confinamento e outras medidas restritivas implementadas na altura.

O INSP espera recolher todos os dados até 31 de Maio e apresentar os resultados preliminares entre finais de Junho e início de Julho.

 C/ RCV

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top