PUB

Mundo

EUA: Biden condena “epidemia de violência”

A Polícia da Califórnia (no Estados Unidos da América – EUA) procura explicações para o último tiroteio, em San José. Nove pessoas morreram, incluindo o atirador que acabou por se suicidar. O Presidente Joe Biden condena o acto, lamentando a existência da “epidemia de violência armada” nos EUA.

O atacante, identificado como Sam Cassidy – de acordo com o sítio na Internete, pt.euronews.com -, tinha 57 anos e trabalhava na Autoridade de Transporte do Vale de Santa Clara (VTA), que gere os Transportes Públicos da Região.

“É um dia horrível para a nossa cidade. E é um dia trágico para a família VTA. O nosso coração está em dor pelas famílias e pelos colegas de trabalho, porque sabemos que muitos deles estão a sentir, profundamente, esta perda dos seus entes queridos e amigos”, manifestou Sam Liccardo,  presidente da Câmara de San José.

Por sua vez, em nome do Presidente dos EUA, a Casa Branca prestou as condolências às famílias das vítimas. Joe Biden fez passar a mensagem que existe uma Epidemia de violência armada nos Estados Unidos e que é preciso tomar medidas.

Trata-se do segundo tiroteio na Califórnia em menos de dois anos. Este ano contaram-se 239 tiroteios em massa, em todo o Território Norte-Americano.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top