PUB

Política

Governo pretende atribuir subsídios aos profissionais do carnaval

Os profissionais que vivem exclusivamente do carnaval vão receber subsídio do Governo no início do segundo semestre deste ano. O ministro da cultura, Abraão Vicente, e o presidente da Ligoc, Marco Bento, analisaram o assunto na manhã de hoje, 28.

O apoio financeiro, segundo Abraão Vicente, consiste em mobilizar parte das verbas que estavam consignadas para o Carnaval, para apoiar os grupos no sentido social e aos membros que passem por dificuldades.

“O governo desde de janeiro, quando foram anunciadas as eleições, não tínhamos espaço orçamental para fazer qualquer tipo de movimentação financeira. Agora, estaremos juntos, muitos próximos aos grupos para podermos mitigar o máximo possível a situação dos que, de facto, estão numa situação mais precária”, adianta Abraão Vicente.

Marco Bento, presidente da Ligoc adianta que há pessoas diretamente ligadas ao carnaval que se encontram sem rendimentos, pelo que são os presidentes dos grupos que têm tentado resolver o problema “como podem”.

“Esse tipo de apoio é viável e legítimo para que consigamos trazer algum tipo de ajuda que pode ser distribuída às pessoas que vivem diretamente do carnaval”, reconhece.

Para o efeito, a associação está a terminar o cadastro  das pessoas que dependem diretamente do carnaval como fonte de renda,  para apresentar ao ministério.

O ministro da cultura e a Ligoc anunciaram, também, para julho a realização de um fórum para projetar o próximo carnaval.

c\RCV

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top