PUB

Diáspora

“Kriol de Barlavento” ensinado em instituto de línguas na Holanda

Agostinho Santos, filho de cabo-verdianos, residente na Holanda, começou, nesta segunda-feira, 31, a lecionar a língua cabo-verdiana no instituto de línguas e de formação profissional – Rotterdamse Volksuniversiteit. Os estudantes são juristas, arquitetos, assistentes sociais e empresários.

Embora Agostinho Santos tenha começado o ensino da língua cabo-verdiana, naquele país europeu, há já alguns anos, só agora é que se tornou oficial.

Inicialmente, conforme informações avançadas pelo próprio, ele recorreu a materiais já existentes, como o ALUPEC (Alfabeto Unificado para Escrita do Cabo-Verdiano), e desenvolveu uma técnica para ensinar “kriol” aos Holandeses. Além disso, Agostinho Santos publicou o livro “Kriol de Barlavento”, em maio de 2021, que serve também como guia para as aulas.

Não satisfeito e, ao considerar que a língua cabo-verdiana, tal como o português, espanhol, inglês e francês, deveria ter uma cadeira em um instituto reconhecido, Agostinho Santos entrou em negociação com o instituto de línguas da Rotterdamse Volksuniversiteit, (Universidade do Povo de Roterdão), tendo aceite a proposta do diretor da instituição para começar a lecionar em “Kriol de Barlavento”.

Esta é a primeira vez que a língua de Cabo Verde faz parte dos pacotes de ensino de um instituto de línguas na Holanda.

No momento, Agostinho Santos está a trabalhar na variante “Kriolu di Sotaventu”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top