PUB

Santiago

São Domingos: Santuário de Nossa Senhora da Luz para alavancar turismo religioso

A criação de um Santuário na freguesia de Nossa Senhora da Luz, em São Domingos, vai contribuir para o desenvolvimento do turismo religioso e trazer grandes ganhos para o município. A expectativa é do autarca local, Isaías Varela. Porém, alerta que a iniciativa deve partir da Igreja.

O presidente da Câmara Municipal de São Domingos, Isaías Varela, defendeu ontem que a criação de o Santuário de Nossa Senhora da Luz vai trazer inúmeros ganhos para o município. Isto do ponto de vista da dinamização do turismo religioso, por esta ser uma das romarias que movimentam mais pessoas na ilha de Santiago.

 

Isaías Varela

“Um santuário é um projeto que vai dinamizar, cada vez mais, o turismo religioso nesta localidade, por isso, a autarquia está interessada, mas, é uma iniciativa que deve partir da Igreja”, sublinha.

No entanto, frisa que por se tratar de um espaço reservado à Igreja, o primeiro  passo é articular o projecto “com eles”.

No que diz respeito ao papel da autarquia, neste processo, o autarca mostra abertura para parcerias.

“A questão da estrada é  fundamental, porque este é um factor fundamental para dinamizar o turismo e, também, a questão de mobilização de água”, reconhece o autarca.

Isaías Varela considera ainda que ao ter estradas, em condições, e privados com disponibilidade para investir, alojamentos no local e outros serviços necessários, estarão reunidas condições “favoráveis” para desenvolver o turismo nesta localidade.

Apesar de reconhecer estas necessidades, Varela, admite que ainda não existe um projeto para ser posto em curso, no sentido de resolver esses problemas, mas, no entanto, sublinha que “há um esforço do Governo, no sentido de, sobretudo, a estrada da freguesia de Nossa Senhora da Luz ser uma realidade, nestes próximos quatro anos”.

Quanto às obras de requalificação que faltam concluir, o autarca compromete-se a trabalhar junto com o Ministério das Infraestruturas, para complementar o trabalho que falta ser feito.

Ministério da Cultura sem plano concreto

Já o Ministro da Cultura e das Indústrias criativas ,Abraão Vicente, ao ser questionado sobre os planos do seu ministério para reativar o turismo religioso nesta comunidade garante que “ já fizemos o principal que é uma reabilitação de fundo em toda a Igreja” e que “ela está irreconhecível quando comparada com há dois ou três anos atrás”.

Salienta ainda que  há planos do  IPC, para fazer as investigações e, depois, vai-se projetar, juntamente com a Igreja, um plano futuro.

Essa fonte diz ainda que o plano  do Santuário de Nossa Senhora da Luz já foi apresentado, mas que, “na atual conjuntura não há planos para se avançar”.

“Vamos continuar os estudos, sabemos que parte da propriedade é da Igreja, existem privados, ainda é um processo, não existe um plano concreto por parte do ministério da cultura para avançar de imediato aqui em Alcatraz”, garantiu.

450 anos da Igreja matriz de Nossa Senhora da Luz em 2022

De destacar que a celebração da eucaristia em homenagem a Nossa Senhora da Luz marca o início das celebrações dos 450 anos da Igreja local, que acontece em 2022.

O paroco da Comunidade, Janilson Silva, mostra expectante e faz um balanço positivo da festa de este ano.

 “Esta celebração decorreu de forma bastante tranquila e serena, sentimos o envolvimento de todos os paroquianos, de pessoas devotas a Nossa Senhora da Luz, não só de quem reside aqui, mas de todos que a têm como mãe”.

Quanto à requalificação por concluir, essa fonte explica que, de momento, o objetivo é retomar o trabalho que falta, faltando alguns materiais para completar o altar da Santa.

Janilson Silva afirma que a construção de um Santuário é um “sonho” porque “é preciso ter um lugar que abranga todos”, especialmente, nesta “festa maior em que não temos condições de acolher a todas as pessoas que se deslocam aqui”.

O pároco aponta que a transformação da igreja num Santuário vai trazer uma maior participação de pessoas, assim como “o turismo religioso vai ganhar um grande peso neste espaço e nesta comunidade da paróquia”.

“Alcatraz esteve abandonado durante muito tempo, com um Santuário, com certeza, o que foi abandonado pode ser resgatado, porque acreditamos que aqui tem potencialidades de atrair pessoas, em especial os devotos a Nossa Senhora da Luz, que é a mãe de todos nós”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top