PUB

Sociedade

Psicólogo alerta para o reforço de medidas  de prevenção do suicídio 

O psicólogo e presidente da associação de promoção da saúde mental “A Ponte” pede que se reforcem as medidas de prevenção do suicídio no país. Jorge António dos Reis acredita em mais ação no combate à problemática. 

O suicídio é evitável, alerta José António dos Reis que apela para a necessidade de trabalhar na sensibilização, formação e prevenção de casos de suicídios.

O psicólogo fala na promoção de ações de proximidades juntos das comunidades e instituições como os estabelecimentos pressionais e organizações da juventude, no sentido de desenvolver consciência a diferentes níveis para que as pessoas possam ter um papel na prevenção do suicídio. 

“Criando esperança através da ação” é o lema deste ano do dia da prevenção do suicídio. Dados avançados em 2019 apontam para 55 suicídios no país, sendo 49 homens e seis mulheres.

Suicídio e pandemia 

José António dos Reis evita entretanto relacionar casos de suicídio nos últimos tempos com a pandemia da COVID-19, por não dispor de dados que comprovam a relação.

“Nós sabemos que esse período que vivemos contribui para o incremento de problemas de saúde mental, incluído o suicidio. Mas neste momento não dispomos de dados para afirmar que a pandemia aumentou a taxa de suicídio”,  aponta o psicólogo e praieira da associação “A Ponte”.

Para assinalar o dia de prevenção do suicídio a associação A Ponte vai acender velas na pracinha Achada Grande em homenagem às vítimas de suicídio no país.

C/RCV

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top