PUB

Política

Rússia alerta que a extradição de Alex Saab “ameaça” negociações no México

A Rússia avisou esta sexta-feira que o processo de extradição do empresário colombiano Álex Saab de Cabo Verde para os Estados Unidos seria “uma grave ameaça” que pode “minar” o processo de negociação iniciado no México entre o regime de Nicolás Maduro e a Plataforma Unitária liderada por Juan Guaidó.

Através de uma nota, o Ministério das Relações Exteriores russo ratificou seu apoio à mesa de negociações, da qual está acompanhando, e expressou sua preocupação com “algumas ações de atores externos que apresentam riscos de minar a frágil confiança que se desenvolveu entre as partes”.

Especificamente, referiram a esperada extradição da alegada figura de proa de Maduro, após o Tribunal Constitucional de Cabo Verde ter homologado o processo contra ele.

“Washington está, de fato, tentando usar Alex Saab como uma alavanca adicional de pressão sobre o governo venezuelano. Vemos isso como uma séria ameaça aos esforços das partes para encontrar formas mutuamente aceitáveis ​​para o futuro desenvolvimento deste país”, observou o Ministério das Relações Exteriores da Rússia.

O Kremlin insistiu em garantir que o processo contra a Saab “tem motivação política” e voltou a acusar os Estados Unidos de terem exercido “forte pressão sobre as autoridades cabo-verdianas e o sistema judicial deste país no esforço de obter a sua extradição”.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top