PUB

Cultura

Rossana cria arte para representar o país de origem

 

Apaixonada pela arte e desafios novos, Diana Rodrigues Ramos, de 24 anos, é uma cabo-verdiana residente nos Estados Unidos da América. Conhecida por “Rossana”, criou a DianaRArts para expressar a sua arte e representar Cabo Verde.

Natural da ilha de Santiago, Rossana imigrou para Rhode Island (Estados Unidos da América) desde 2014. Conforme contou ou A NAÇÃO online, a sua aventura pelas artes já vem desde muito cedo, mas só em 2016 começou a divulgar os seus trabalhos, através das redes sociais e a ser mais conhecida.

“Desde criança gosto de arte, fazia muitos desenhos. Nunca fui para uma escola de artes, só frequentei aulas de arte na escola secundária. Quando me mudei para os Estados Unidos, para continuar os meus estudos, participei nem aulas de pintura, e foi aí que comecei a pintar telas e na graduação recebi o prêmio de Excelente Pintura”, recorda.

Começando pelas telas, com o tempo Rossana também se tornou autodidata e expandiu no campo artístico. Além de exposições a solo, a jovem participou em exposições em colaboração com outros artistas plásticos.

 “Após a graduação comecei a praticar mais, a ensinar a mim mesma a fazer pinturas faciais, relógios, brincos, e imprimir os meus próprios designs nas t-shirts, bolsas, copos, sapatos, glass, autocolante, fazer chaveiros, personalizar coisas, etc. Já vendi várias pinturas, fiz duas exposições de arte por conta própria e fiz 6 colaborações com outros artistas”, conta Rossana, que vê na arte uma forma de representar o país de origem e expressar amor pelo torrão natal.

Sonhos por realizar

Com o trabalho a ficar cada vez maior e mais conhecido, o projeto DianaRArts já se encontra em plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e Google e também recebe solicitações de encomendas e reservas através de ligações e mensagens. 

Entretanto, apesar do sucesso, ainda há sonhos por realizar.

“Ter um lugar para vender as minhas artes e dar aulas de arte para crianças. Fazer uma exposição com as minhas artes em Cabo Verde. Sinceramente, eu não tenho uma inspiração específica, a maioria das minhas obras de arte são ideias que passam na mente, ou que amigos(as) e família me deram”, revela.

Apesar das dificuldades enfrentadas, Rossana estabelece “a paciência e a fé” como os ingredientes principais da receita para as suas conquistas.

 “Se tiveres paciência e fé podes conseguir o que quiseres. Desafios é uma coisa que eu enfrento diariamente, e adoro. Todos nós enfrentamos desafios fáceis e difíceis, não importa o que aconteça, acredite em si mesmo e pode conseguir, é forte e nada pode quebrá-lo. Nunca desista, continue a enfrentar os desafios, e realize os seus sonhos! Não deixes o que podes fazer hoje para amanhã!”, conclui a jovem, incentivando os outros a seguirem os seus próprios sonhos.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top