PUB

Carlos Veiga

Presidenciais: Carlos Veiga confiante de que “Cabo Verde está a unir para avançar” no dia 17

Carlos Veiga continua  a percorrer ladeiras e cutelos de Cabo Verde para apresentar as suas propostas para substituir Jorge Carlos Fonseca. Depois de São Salvador do Mundo e Ribeira Grande, durante o quinto dia de campanha,  a noite terminou com um comício em Fundo Cobom. Pela adesão Veiga diz que “Cabo Verde está a unir para avançar” no dia 17 de Outubro. Hoje o dia está reservado à população da Boa Vista.

Esta segunda-feira,4, Carlos Veiga deu continuidade às suas ações de campanha no município de São Salvador do Mundo e, ao lado do autarca Ângelo Vaz, percorreram as ladeiras e cutelos apresentando as suas propostas eleitorais e apelando voto a favor da “Unir para avançar”.

Tendo em conta as acusações feitas pelo seu adversário José Maria, no passado dia 3, sobre utilização de recursos do Estado, Veiga disse à Inforpress que o autarca local se encontra no terreno como um “amigo de longa data”, e que é “filho de um dos maiores activistas do MpD nos Picos e que utiliza o seu tempo livre, sem qualquer utilização dos recursos do Estado, para apoiar a sua candidatura, enquanto responsável político partidário, dentro das regras do Código Eleitoral.

Magistratura de influência

Carlos Veiga reforçou a mensagem de que se for eleito, irá exercer a sua magistratura de influência para diminuir a pobreza, a desigualdade social, melhorar o sector da Justiça (uma das suas prioridades), assim como criar parcerias nacionais e internacionais para o desenvolvimento de todo o país.

No período da tarde, a comitiva dirigiu-se para Ribeira Grande de Santiago, levando a mesma mensagem à população de Cidade Velha. 

Carlos Veiga terminou o quinto dia de campanha com um comício no Fundo Cobom, na cidade da Praia. A adesão às suas ações de campanha têm deixado o candidato confiante de que as suas mensagens têm passado e, sobretudo, que “Cabo Verde está a unir para avançar” no dia 17 de Outubro.

6° dia reservado à Boa Vista

Esta terça-feira, 5, o candidato vai estar em contacto porta-a-porta na ilha da Boa Vista, onde tem marcado um comício às 18 horas.

Recorde-se que estas são as sétimas eleições presidenciais de Cabo Verde, desde 1991, ano em que pela primeira vez a escolha do PR passou a ser feita pelo voto directo, universal e pluralista.

A eleição para o Presidente da República que sucederá a Jorge Carlos Fonseca, no cargo, acontece no próximo dia 17 de Outubro e concorrem sete candidatos: Fernando Rocha Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Alberto Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top