PUB

Carlos Veiga

Presidenciais: Carlos Veiga quer ser PR para garantir a “Estabilidade Política  e Governativa” do País

Confiante na vitória, Carlos Veiga esteve, no nono dia da Campanha, os três municípios do Fogo, contactando, directamente, o eleitorado e apelando ao voto “na Estabilidade Política  e Governativa do País”. De regresso à Praia, realizou, na noite de sexta-feira, um comício em Calabaceira, estando para hoje, na Várzea da Companhia.

Veiga que se sentiu “em casa”, na “Ilha do Vulcão”, relembrou à população que foi ele, na década de 90, que elevou os Mosteiros à categoria de Concelho.

Assim, exortou esta comunidade, a confiar na sua Candidatura, para, mais uma vez, junto com o MpD, fazer mais histórias de desenvolvimento da Ilha do Fogo no seu todo.

Veiga enalteceu a resiliência dos foguenses, considerando que, aparentemente, poderá estar ligado ao Vulcão, imagem de marca de Cabo Verde, argumentando que trata-se de um Povo que consegue conviver com o Vulcão, e que, não obstante as contrariedades provocadas pela Erupção Vulcânica, “nunca dá a luta por vencida”.

Apoio do MpD 

Carlos Veiga que, nos comícios realizados na noite de quinta-feira, contou com o apoio do vice-presidente do MpD e coordenador político para as regiões do Fogo e Brava, Olavo Correia, manifestou todo seu orgulho pelo apoio da Direcção Nacional do Movimento para a Democracia (MpD), para que o País possa continuar na senda do desenvolvimento.

Segundo este, a união, neste momento, é muito importante “para a Estabilidade Política e Governamental”, pelo que, por isso, o apelo  é o voto na sua candidatura, que decorre sob o lema:  “Unir para Avançar”.

De regresso à Cidade da Praia, Carlos Veiga encerrou o nono dia da campanha com um Comício, realizado na noite de sexta-feira, 8, em Calabaceira, que contou “com uma grande moldura humana, não muito diferente dos comícios” que vem realizando desde o primeiro dia de estrada.

Várzea marca o 10º dia de Campanha

Para este sábado, 9, Carlos Veiga vai permanecer na Praia, onde realiza, esta noite, um outro Comício, desta vez, na Várzea da Companhia.

No período da manhã, a “Unir para Avançar” não tem nada previsto.

 Estas são as sétimas Eleições Presidenciais de Cabo Verde, desde 1991, ano em que, pela primeira vez, a escolha do Presidente da República (PR) passou a ser feita pelo voto directo, universal e pluralista.

A Eleição para o PR que sucederá a Jorge Carlos Fonseca, no cargo, acontece no próximo dia 17 de Outubro e concorrem sete candidatos: Fernando Rocha Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Alberto Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top