PUB

Santiago

Viajar de Hiace entre Praia/Assomada/Praia vai ficar mais caro a partir de 15 de Outubro

Os preços das passagens de Hiace na linha entre a Cidade da Praia e a Cidade da Assomada e vice-versa vão ficar mais caros a partir de sexta-feira 15 de Outubro.

Conforme a nova tabela de preço divulgada pelo Sindicato Nacional de Condutores Profissionais (SINCOP) a viagem entre Praia/Assomada que actualmente custa 250 escudos, a partir do dia 15 de Outubro passará a custar 300 escudos.

Em Conversa com o A NAÇÃO, o presidente da Associação de Hiacistas de Santa Catarina, Mário Jorge Fernandes explica que essa subida do preço deve – se essencialmente a sucessivos aumentos do preço dos combustíveis e subida do preço de praticamente todos os bens da primeira necessidade no mercado nacional, nomeadamente géneros alimentícios, gás e eletricidade.

“A classe dos Hiacistas particularmente os proprietários da ilha de Santiago há muito tempo que perdeu o poder de compra. Isso porque o rendimento que se consegue através de fretes durante uma semana ou mês de trabalho não dá para cobrir as despesas do próprio veículo, salário do condutor, despesas do INPS e muito menos para as despesas básicas familiar”, desabafa.

 Segundo, Mário Jorge Fernandes há casos de proprietários que durante uma semana de trabalho não conseguem arrecadar nem cinco mil escudos. “Imaginem numa situação dessa como que o proprietário tem que fazer para pagar o condutor e outras despesas.

Muitas vezes os hiacistas são obrigados a recorrer a fundos de outras fontes de rendimentos, nomeadamente a criação de gado, agricultura para manter carro a circular na estrada com esperança num dia melhor. Não podemos continuar a trabalhar sem ganhar nada. Estamos a prestar um serviço público útil para a dinâmica económica do país.

Por isso, os utentes devem pagar o preço justo pelo serviço que recebem ou então as autoridades devem subsidiar ou isentar os hiacistas de alguma taxa, nomeadamente nos combustíveis”, aponta.

Mário Jorge considera que a ilha de Santiago é a única que o preço das viagens de hiaces é mais barata tendo em conta as distâncias percorrida comparativamente com as outras ilhas. “Se formos analisar as distâncias e preços praticados nas outras ilhas, uma viagem entre Praia/Assomada deveria custar no mínimo 500 escudos”.  

O Presidente da Associação de Hiacistas de Santa Catarina disse que já há alguns meses que através do Sindicato Nacional de Condutores Profissionais (SINCOP) a enviaram uma nota à Agência Reguladora Multissetorial da Economia (ARME) e Direcção Geral dos Transportes Rodoviários a solicitar uma atualização dos preços das viagens interurbanas, mas não obtiveram uma resposta favorável. “A ARME disse que não é da sua competência. A DGTR ainda não nos respondeu. Portanto, decidimos avançar de uma forma unilateral com a atualização dos preços porque não podemos ficar a arcar com os prejuízos”.

Mário Jorge pede a compreensão de todos os passageiros que viajam de hiaces para o interior de Santiago. “Estamos cientes que as famílias também perderam o poder de compra. Mas, também devem entender que não podemos continuar a trabalhar sem ganhar. Ou melhor, pagar para trabalhar. Enquanto chefes de famílias os hiacistas também têm responsabilidades”, conclui.    

Confira na foto em baixo a Tabela com novos preços:

1 Comentário

1 Comentário

  1. Carlos M Silva

    10 de Outubro, 2021 at 13:05

    O SINCOP tardou em tomar essas decisões tão necessárias para que a classe dos Hiacistas não fiquem prejudicados. O povo quando escolhe alguém para representá-lo, deve pensar nas consequências e é isso que está a acontecer. Fez má escolha, deve arcar com a responsabilidade e o Governo está a marimbar nos coitados que não têm outro jeito, se não pagar e ficar de bocas caladas.

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top