PUB

Política

PAICV contra aumento da carga fiscal

O Secretário Geral do PAICV, Julião Varela, garantiu hoje que o seu partido é contra o aumento da carga fiscal, em especial neste momento em que a população se “confronta com enormes dificuldades” devido ao aumento do preço da energia.

“Todos têm dito que a carga fiscal em Cabo Verde é bastante pesada, comprometendo a competitividade das nossas empresas, diminuindo o rendimento líquido das pessoas e dificultando o poder de compra das famílias”, disse Varela em conferência de imprensa na Praia.

Segundo Varela, a proposta de Orçamento para 2022, que o Governo entregou ao Parlamento, prevê um aumento do IVA em torno dos 2%, assim como um aumento de 5% sobre mais de 2000 produtos importados.

Por este motivo, considera que “o Orçamento de Estado 2022, nada traz para compensar as famílias ou para amortecer os efeitos dos aumentos que nos esperam. Não traz qualquer melhoria salarial, não há aumento da pensão social, nem há aumento do salário mínimo nacional”.

Devido a estes aumentos o Secretário-geral do PAICV, partido da oposição, sublinha que vão ser as famílias que “vão pagar durante o ano de 2022 as consequências da política irresponsável e despesista deste Governo”.

O mesmo recorda que o seu partido sempre alertou o Governo sobre a necessidade de conter as despesas, mas que as suas propostas sempre foram ignoradas.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Carlos M Silva

    11 de Outubro, 2021 at 16:10

    O aumento da carga fiscal pelo governo do MPD, já era de se esperar. Com a diminuição das ajudas para o desenvolvimento e um travão na contração das dívidas, só resta o governo aumentar os impostos para poder alimentar as suas despesas com os vinte e oito ministros e secretários do estado que a bem pouco tempo empossou. Cabo Verde pela forma que esta sendo gerido por este governo do MPD, coloca o futuro de todos nós na ponta de uma navalha bem afiada. O povo escolheu e decidiu a continuação do sofrimento com o MPD, portanto tem que atravessar o deserto da desilusão e aguentar sem reclamar, pois é esta a felicidade prometida pelo UCS e OCS. Pois foi sempre assim com o governo do MPD. Enquanto alguns se engordam por ter tantos benefícios do estado, muitos se emagrecem por não ter nada para alimentar a família.

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top