PUB

Política

Presidenciais: Daisy da Luz vive a experiência de votar pela primeira vez

Daisy Helena da Luz, de 18 anos, votou pela primeira vez nas eleições presidencias, na Escola Básica Padre Cristiano, em Chã de Alecrim, São Vicente.

A estudante diz ter depositado o seu voto de forma “consciente”, pois não quis adiar a oportunidade de votar e ajudar a construir a história da sociedade nacional.

“Votei nas legislativas e agora quis exercer o meu direito, pela primeira vez, numa eleição presidencial. O voto dos mais jovens é importante para o melhor do País. Eu creio que o meu voto pode sim melhorar Cabo Verde”, explicou a estudante.

A ilha do monte cara tem 54.503 eleitores e pelo menos um destes, a Daisy Helena da Luz, já assegurou o seu direito de voto, neste domingo, na Escola Básica Padre Cristiano, no bairro de Chã de Alecrim.

Durante a manhã a afluência dos eleitores sanvicentinos às urnas foi baixa, uma situação que um membro da Comissão Nacional de Eleições (CNE), ouvido pelo nosso online, classificou de “comum”, pois, a maioria dos eleitores, habitualmente, preferem exercer o seu direito de voto em horários mais “adiantados”, contudo, estima-se uma abstenção elevada, dadas as projecções de pouca afluência às urnas também à tarde, a nível nacional.

As urnas já encerraram.

Recorde-se que estas são as sétimas eleições presidenciais de Cabo Verde, desde 1991, ano em que pela primeira vez a escolha do PR passou a ser feita pelo voto direto, universal e pluralista.

À eleição para o Presidente da República, que irá suceder a Jorge Carlos Fonseca, no cargo, concorrem sete candidatos: Fernando Rocha Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Alberto Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top