PUB

Maio

Munícipe acusa empresa Águas e Energias do Maio de descriminação

A acusação é feita por Selvino dos Reis Pina, residente na Vila de Calheta, que há mais de um ano aguarda que a empresa Águas e Energias do Maio faça a religação domiciliária de água à sua residência.

De acordo com o queixoso, a situação se prolonga  há quase um ano, mesmo já tendo a taxa de religação paga.

Pina afirma que tem-se deslocado constantemente à empresa a fim de saber para quando a situação vai ser resolvida, mas só tem recebido “desculpas” e promessas de que os técnicos iam à sua residência resolver a situação.

Pina conta ainda que já recebeu a visita dos técnicos da empresa para fazerem vistorias, e que estes prometeram regressar para fazerem a religação, mas até ao momento ainda nada foi feito.

“Já perdi a paciência, porque daquela altura, a esta parte, várias pessoas aqui já foram contempladas com ligação de água e outras com religação”, observa Pina, que considera que esta situação é um desrespeito para com a sua pessoa, uma vez que o que exige é um serviço pelo qual já pagou.

“Tenho de largar o meu trabalho para ir ficar na bicha no bebedouro, durante mais de uma hora, para conseguir uma vasilha de água e, muitas vezes, não consigo, por isso considero que estão fazer um mau trabalho com empresa”.

O Administrador da empresa Águas e Energias do Maio, Francisco Inês, reconheceu que o caso do Selvino não é o único que andam a tentar resolver, mas alega que, do momento, a empresa se depara com falta de canalizadores, uma vez que um emigrou e o outro se encontra na Cidade da Praia, em tratamento médico.

“Nos últimos tempos temos vindo a deparar com vários problemas na rede de distribuição de água, principalmente na cidade de Porto Inglês, onde a Câmara Municipal está a realizar obras, por isso alguns casos ficam pendentes, e este não é único caso, mas o nosso objectivo é fornecer água a todos aqueles que nos solicitarem, porque é este o nosso negócio”.

O mesmo avança ainda que a prioridade da empresa do momento é a conclusão do projeto de substituição de contadores com  mais de 20 anos de uso e garante que assim que possível vão dar cobertura a alguns casos considerados urgentes.

C/Inforpress

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top