PUB

São Vicente

Rafael Pires faz “mixage” de Engenharia e Música

Rafael Pires é um jovem mindelense, de 21 anos, estudante de engenharia informática e telecomunicações e apaixonado por música. É um dos membros da Banda Municipal de São Vicente e, a esta altura do ano, já se prepara para a tradicional Boas Festas pelas ruas do Mindelo, na manhã do dia 01 de Janeiro.

Começou a tocar flauta aos seis anos, ensinado pelo avô, Eduardo Monteiro, então maestro da Banda Municipal de São Vicente. Aos oito, começou também a aprender clarinete – instrumento tocado pelo ícone Luís Morais.

É integrante da Banda Municipal desde 2008, mas toca também em outras actividades, como jantares e restaurantes.

Este ano, segundo disse, foi o ano em que mais evoluiu em relação à música e que recebeu também reconhecimento e um feedback positivo em um projecto pessoal – SaxDJ, no qual toca saxofone, acompanhado por um DJ.

O jovem gosta particularmente de interpretar Luís Morais e se desafia a levar a mesma emoção na sua música. Diz ser uma honra receber o reconhecimento do povo do Mindelo e endereça um agradecimento especial ao avô Eduardo Monteiro, pela aposta que fez no seu talento para tocar clarinete, um instrumento que, à partida, se relutou a aprender.

Quando a banda municipal, diz, carece de mais atenção da Câmara Municipal, uma vez que faltam condições de trabalho, como instrumentos e fardas. “Faz parte de uma cultura forte do Mindelo, muito valorizada nesta época e que não gostaria de ver desaparecer. Infelizmente as pessoas estão desmotivadas”, lamenta, indicando também a falta de incentivo aos jovens.

Para além dos estudos e da banda, Rafael Pires dá aulas de flauta e brevemente também de clarinete, na Orquestra do Mindelo.

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top