PUB

Economia

Novo presidente da CCS promete dinamizar e diversificar o sector empresarial

O novo presidente da Câmara de Comércio de Sotavento (CCS), Marcos Rodrigues, empossado, empossado este sábado, prometeu trazer “mais dinamismo, inovação e criar novas perspectivas” de modo a diversificar o sector empresarial em Cabo Verde.

Durante a sua intervenção na cerimónia de posse, o empresário Marcos Rodrigues disse que vai trabalhar para a sustentabilidade financeira da CCS, reforçar o associativismo, mobilizar novos parceiros, apoiar e apostar numa gestão e formação de excelência e na internacionalização da instituição.

Tendo em conta que a economia está centrada no sector do turismo, defendeu que é necessário ter outras valências de desenvolvimento económico para que em situações críticas, como da pandemia da covid-19, possam sustentar o país, com inovações, novas perspectivas nas áreas do agroturismo, da economia azul, verde e das tecnologias de informação e comunicação (TIC).

“Existem aqui vários sectores em que possamos alavancar com maior precisão o desenvolvimento de Cabo Verde”, mencionou o presidente da CCS, que considerou que a pandemia da covid-19 serviu para tirar lições e aprender algumas coisas.

Segundo disse, a crise pandemia constitui também uma nova oportunidade de viragem e de mudança, onde a economia global está neste momento em transição, onde os países desenvolvidos têm colocado uma série de factores críticos do desenvolvimento que estavam estagnados numa nova viragem.

“Estou a falar na questão da nova rede de comércio a nível da mundial sustentando sobre a tecnologia também, estamos a falar da questão da saúde, educação e do teletrabalho, tudo isso são oportunidades gritantes que se abrem e que se veio ter um acento tónico durante a pandemia”, apontou.

Para Marcos Rodrigues, a educação, a saúde e os negócios não serão os mesmos do que eram antes, porque há uma mudança de paradigmas que assenta no novo modelo de fazer as coisas.

Lembrou que a CCS se tem afirmado como uma instituição “robusta, resistente e com credibilidade acrescida” e tem desempenhado um “papel vital” no Conselho de Concertação Social, procurando superar qualitativamente os seus desafios e tem feito alianças e parcerias estratégicas quer interna e externa com outras instituições.

Acrescentou que a CSS espera contar com o apoio do Estado e dos parceiros de desenvolvimento para superar os seus “enormes desafios” e potenciar as suas oportunidades promocionais, visando contribuir para o desenvolvimento de Cabo Verde e, consequentemente, para o bem-estar das populações.

A cerimónia foi presidida pelo primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que reafirmou a “disponibilidade, dedicação e atitude” de parceria do Governo em continuar a trabalhar com a nova equipa para caminhar rumo ao desenvolvimento sustentável.

“A nova equipa desejo sucessos nessa nova empreitada que é importante para o desenvolvimento do país e para a sua economia”, disse o chefe do Governo, afirmando que o contexto actual ainda é difícil e de incertezas, mas “é desafiante” para a retoma económica.

C/ Inforpress

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top