PUB

Economia

FMI em Cabo Verde para acompanhar situação económica

Uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) encontra-se em Cabo Verde para o acompanhamento da situação económica do país, particularmente neste actual contexto de crise, resultante da pandemia e da guerra na Ucrânia.

Para o vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, que esteve reunido com a equipa esta segunda-feira, 21, a missão assume uma “importância elevada”, tendo com conta que vai ajudar Cabo Verde na implementação de reformas importantes, em linha com aquilo que foi executado em 2019, no quadro do programa Instrumento de Coordenação de Políticas (PCI, sigla em inglês).

“Estamos a falar de reformas que vão ajudar o Governo na implementação das políticas prioritárias, nomeadamente na erradicação da pobreza extrema e diminuição da pobreza absoluta, a estabilidade macroeconômica, estabilidade cambial e estabilidade dos preços, sobretudo a estabilidade dos preços que ajuda no rendimento das famílias”, defendeu o governante, numa nota publicada na sua página oficial do Facebook.

Útil

Esta colaboração, segundo a mesma fonte, tem sido muito útil, avançando que não se trata apenas de uma missão de avaliação, mas também de assessoria, de assistência técnica, troca de opiniões e informações.

O trabalho do Governo de Cabo Verde, segundo frisou, está focado na preparação do país para a retoma, assente num crescimento sustentável, pelo que o suporte dos parceiros de desenvolvimento tem sido importante e crucial para a implementação da sua agenda.

No caso do FMI, terminou, esta parceria credibiliza a estratégia do Governo e dá o conforto necessário para acelerar a agenda de reformas económicas, condição essencial para continuar a aumentar o potencial de crescimento da economia, não obstante os desafios.

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top