PUB

Cultura

Inaugurada delegação da Sociedade Cabo-verdiana de Música em Mindelo  

A Sociedade Cabo-verdiana de Música (SCM) inaugurou, esta quinta-feira, a sua delegação em São Vicente, que vai servir também as ilhas de Santo Antão e São Nicolau. A nova delegação responde aos “anseios e pedidos legítimos dos membros autores, compositores, artistas de música, parceiros, promotores de eventos e de todos os que vivem a música”.

A cerimónia de inauguração foi presidida pelo ministro da Cultura, Abraão Vicente, para quem este passo vai consolidar Mindelo como o centro da cultura e das indústrias criativas no país.

Segundo o ministro, “é muito importante” ter uma sede da SCM em São Vicente, “onde os autores possam se encontrar, defender os seus direitos e sentir que existe de facto a defesa dos direitos autorais”.

Por sua vez, o presidente da Câmara Municipal de São Vicente, Augusto Neves, sublinhou o simbolismo de inaugurar o espaço em Agosto, mês em que “as suas duas primeiras semanas” representam “momentos altos da música em São Vicente”.

Realização de um sonho

Para a presidente da SCM, Solange Cesarovna, a delegação da sociedade em São Vicente é a realização de um sonho que se alimentava há muito tempo.

Mas, também, acrescentou, é o cumprir de uma visão da assembleia geral e da direcção da SCM para responder aos anseios e pedidos legítimos dos membros autores, compositores, artistas de música, parceiros utilizadores de música, promotores de eventos e de todos os que vivem a música.

“Abrir a delegação da SCM na Escola de Música tem tudo a ver com a protecção dos direitos dos autores, tem tudo a ver com a valorização da profissão de compositor e de músico. Sem escola não poderemos ter mais e melhor produção artística, porque é nesta escola que encontramos as nossas referências”, afirmou.

C/ Inforpress

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top