PUB

Boa Vista

Destino era Espanha: oito imigrantes encontrados com vida numa piroga na praia da Cruz dos Mortos

Foram hoje resgatados com vida, na Boa Vista, oito imigrantes clandestinos que deram à costa numa piroga, na Praia da Cruz dos Mortos. A embarcação, que saiu da Mauritânia, trazia 21 pessoas, que foram morrendo ao longo da viagem. 

Segundo o comandante da esquadra da Boa Vista, António Tavares, o alerta foi dado por volta das 10h45 por pessoas de um acampamento de protecção de tartarugas, tendo participado nesta operação conjunta a Polícia Nacional e a Polícia Judiciária, bombeiros e uma equipa médica.

A piroga, com 12 metros de comprimento, e três de largura, e sem motor, deu à costa com cinco senegaleses e três mauritanos do sexo masculino, com idade compreendida entre os 20 e 35 anos.

Espanha era o destinoOs emigrantes disseram às autoridades que eram, inicialmente, um total de 21 pessoas e que partiram há 34 dias da Mauritânia com intenção de chegar à Espanha.

Apenas oito sobreviveram. Os restantes, à medida que iam morrendo, eram atirados ao mar.

Os sobreviventes estavam desidratados, mas já se encontram estáveis tendo em conta que receberam os primeiros socorros da equipa médica que se dirigiu ao local para auxiliar na operação.A costa da Praia de Cruz dos Mortos foi sobrevoada com ‘drone’ para averiguar se havia mais pessoas ou algum corpo, mas não encontraram nada.

A operação, segundo as autoridades, vai continuar e o pessoal da Fundação Tartaruga, que tem acampamento instalado perto da praia, vai permanecer alerta, também. C/Inforpress

PUB

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado.

PUB

PUB

To Top