PUB

Política

Líder do PAICV diz que aspirações de ex-PM José Maria Neves a PR de Cabo Verde são legítimas

A líder do PAICV, maior partido da oposição cabo-verdiana, considerou “legítimo” que o ex-primeiro-ministro José Maria Neves tenha aspirações a ser Presidente da República, mas não esclarece se o partido apoiará uma eventual candidatura em 2021.

“Penso que para todos os cabo-verdianos José Maria Neves deve ser um bom candidato para Presidente da República. Pelo percurso que tem, pelo conhecimento que tem, pela experiência que tem, pela credibilidade que granjeou. Mas sobretudo por ser um cidadão atento ao país”, afirmou Janira Hopffer Almada, em entrevista à Lusa, na cidade da Praia.

José Maria Neves foi primeiro-ministro e presidente do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) entre 2001 e 2016. Entretanto, deixou em aberto a possibilidade de concorrer às próximas eleições presidenciais em Cabo Verde, em 2021, remetendo uma decisão até ao final deste ano.

A atual presidente do PAICV defende que para “um cidadão como o doutor José Maria Neves, que já desempenhou a função de primeiro-ministro durante 15 anos, com os resultados que são conhecidos”, é de facto “legítimo que tenha essa pretensão”.

Contudo, sobre o apoio do PAICV à sua eventual candidatura nas eleições presidenciais de 2021, Janira Hopffer Almada não adianta uma posição oficial: “Eu, enquanto presidente do partido, tenho órgãos do partido que tenho que ouvir. Mas digo-lhe, sem titubear, é absolutamente legítimo que o doutor José Maria Neves tenha essa ambição e essa pretensão”, afirmou, também sem adiantar prazos para uma decisão do PAICV.

“Não estaria aqui a atuar de facto estrategicamente se viesse partilhar com a imprensa o meu prazo [para uma decisão]”, concluiu.

Também hoje, em declarações à Lusa, o primeiro-ministro de Cabo Verde e líder do Movimento para a Democracia, partido no poder, afirmou que as recentes críticas à atual governação por parte de José Maria Neves, a quem sucedeu em 2016, pretendem “limpar o passado”, garantindo que o ex-governante vai mesmo concorrer à Presidência da República.

“É tentar limpar o passado, acho que é só isso. Agora, outras intenções políticas ele [José Maria Neves] tem. Ele é candidato à Presidência da República. Tem dado todos os sinais”, afirmou Ulisses Correia e Silva.

Em 25 de julho, José Maria Neves utilizou a sua conta na rede social Facebook para lançar uma crítica à governação do MpD.

“O caminho que se está a seguir, de mobilização de avultados recursos internos pela via de endividamento público para dar garantias a grandes empréstimos privados é sedutor a curto prazo, mas pode trazer consequências muito nefastas para a economia e as finanças públicas do país, a prazo”, alertou o ex-primeiro-ministro.

Lusa

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top