PUB

José Maria Neves

Presidenciais: José Maria Neves reforça apelo ao “equilíbrio político” em Santo Antão

O candidato a Presidente da República, José Maria Neves, chegou esta manhã à ilha de Santo Antão, para “queimar os últimos cartuchos” da campanha eleitoral, com foco na mensagem da garantia do “equilíbrio político” do poder, para o bem do desenvolvimento do país.  JMN alertou, antes, em Santa Cruz, ontem, para possíveis ataques ao sistema digital de contagem dos votos.

O candidato de “Djunta mon kabésa y korason” foi recebido na manhã desta quarta-feira,13, no porto do Porto Novo ao som de batucada por uma onda de militantes, para rumar depois para o município do Paul, com paragem na Pontinha de Janela, onde também foi acolhido em clima de festa pelos populares.

José Maria Neves regressa a Santo Antão, um dia depois da candidatura adversária de Carlos Veiga ter estado também na ilha, acompanhado de altos dirigentes do Movimento para Democracia (MpD) e membros do Governo.

Apesar de ter estado a criticar aquilo que a sua candidatura tem classificado de “colagem exagerada” do Governo ao candidato oficial do MpD, Carlos Veiga, Neves garantiu que fará uma campanha com mensagens de amizade e paz, como a Democracia deve ser.

“A campanha eleitoral deve ser um debate de ideias, de confronto de ideias e posições, e sobretudo em Santo Antão vou trazer uma mensagem de paz, amizade e alegria, de um presidente que quer unir Cabo Verde, que quer colaborar e, sobretudo, que quer ajudar Cabo Verde em avançar e ir para a frente”, indicou.

Esta é a segunda vez que José Maria Neves está na ilha de Santo Antão. Na primeira visita realizada, no seu segundo dia de campanha eleitoral, o candidato esteve em contacto com o eleitorado do Porto Novo, durante a qual pediu um voto de confiança para, juntamente com o Governo e as autarquias locais, continuar a trabalhar e desenvolver a ilha de Santo Antão.

De acordo com o programa de hoje, além do concelho de Paul, José Maria Neves visita o concelho da Ribeira Grande, onde à noite preside a um comício de encerramento de campanha, na Povação.

Controlo rigoroso do processo eleitoral digital

Antes de partir para o norte, esta terça-feira, José Maria Neves esteve em Santa Cruz, interior de Santiago, onde pediu que haja um “controlo rigoroso” ao processo eleitoral e alertou para possíveis ataques ao sistema digital de contagem dos votos.

O candidato mostrou-se confiante de que, em condições normais, ganhará estas eleições já na primeira volta, contando com a votação dos residentes e da diáspora.

“A única questão agora, é controlar o processo eleitoral e a contagem também para ser feita da melhor forma possível. Sabemos que as tecnologias informacionais agora têm muitas fragilidades. Temos de assegurar que não haja hackers possíveis que possam entrar no nosso sistema de contagem”, alertou.

14º dia campanha em Santo Antão

Depois de Santo Antão, onde passará hoje o dia, Neves e sua comitiva seguem para São Vicente.

Recorde-se que estas são as sétimas eleições presidenciais de Cabo Verde, desde 1991, ano em que pela primeira vez a escolha do PR passou a ser feita pelo voto directo, universal e pluralista.

A eleição para o Presidente da República que sucederá a Jorge Carlos Fonseca, no cargo, acontece no próximo dia 17 de Outubro e concorrem sete candidatos: Fernando Rocha Delgado, Gilson Alves, José Maria Neves, Carlos Alberto Veiga, Hélio Sanches, Casimiro de Pina e Joaquim Monteiro.

 C/ Inforpress

Adicionar um comentário

Faça o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

PUB

PUB

To Top